CIESPI lança boletim sobre epidemia de zika vírus, saneamento básico e primeira infância

capa boletim ciespiO Centro Internacional de Estudos e Pesquisas sobre a Infância – CIESPI, associado à Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio)acaba de lançar a primeira edição do boletim “Pesquisa e Políticas Públicas”, com o tema “Primeira Infância, Saneamento e Zika Vírus. Comunidades de baixa-renda no Brasil enfrentam o Zika vírus sem infraestrutura adequada de saneamento básico: os desafios da cidade-sede das Olimpíadas de 2016”. A publicação faz uma análise dos impactos da epidemia do Zika vírus sobre a primeira infância, com foco sobre as condições precárias de saneamento no Brasil, com foco para o Rio de Janeiro. Clique aqui para acessar o conteúdo completo online.

“O Brasil encontra-se em meio ao epicentro da epidemia atual do Zika vírus. Há muitas pesquisas em curso e os dados confirmam a gravidade do problema. Evidências científicas recentes apontam a relação entre o vírus e o aumento da incidência de microcefalia em bebês recém-nascidos no país.

Uma das razões para a vulnerabilidade brasileira diante desta terrível ameaça são as condições sanitárias precárias em que vive parcela significativa da população, gerando ambiente propício à proliferação dos mosquitos da espécie Aedes. Além do risco da dengue e do Zika vírus, há outras consequências graves associadas às condições inadequadas de saneamento, como a má nutrição associada a doenças infecciosas e parasitárias, afetando principalmente as crianças pequenas”, informa a introdução do artigo.

 

(Informações: Ciespi)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.