A CRIANÇA E O ESPAÇO: A CIDADE E O MEIO AMBIENTE

Eixos - Interação das crianças com a natureza - O que é?

O que é?

Como Fazer

Inspire-se

 

Observar uma criança pequena em contato com a natureza, com liberdade para explorá-la, é uma experiência educadora: ela se dedica a experimentar todas as sensações, cheiros e sabores, e a olhar atentamente para cores e formatos. Em pouco tempo de observação, fica claro que o ser humano, desde as primeiras idades, tem uma aptidão natural para se conectar com aquilo que é orgânico. E na primeira infância, quando tudo é aprendizagem, essa afeição se potencializa. Além disso, a interação dos pequenos com a natureza pode ser determinante para a saúde física, mental e emocional que desenvolverão.

Descrição: Criança sobre uma árvore observa o cenário a sua frente.

A iniciativa Clubes Natureza em Família estimula a interação das famílias com a natureza e disponibiliza guias e materiais de apoio online.

 

 

Descrição da imagem: Crianças pequenas cortam bananeira com serrote.

O documentário Sementes do Nosso Quintal revela as experiências que ocorrem em uma escola privada de São Paulo.

Mas a maioria das crianças brasileiras nasce hoje em contextos urbanos (84% da população vivem em cidades, de acordo com o Censo de 2010, do IBGE), onde os espaços naturais livres de contaminação e com biodiversidade preservada são escassos. Mesmo nas áreas rurais, o uso extensivo de agrotóxicos nas plantações tem impactado a qualidade dos solos, das águas e do ar.

Continue lendo…

 

A política urbana de promoção do contato das crianças com a natureza é desafiadora, mas está longe de ser impossível. Listamos aqui uma série de providências concretas que podem ser adotadas. Na seção inspire-se você encontrará diversos projetos exemplares acontecendo em todo o Brasil, como o Projeto Ser Criança é Natural (foto), que tem como objetivo proporcionar o contato das crianças com a natureza, respeitando seu tempo de descoberta e espontaneidade.

2016 Secretaria Executiva da Rede Nacional Primeira Infância - Triênio 2015/2017: CECIP - Centro de Criação de Imagem Popular