A CRIANÇA E O ESPAÇO: A CIDADE E O MEIO AMBIENTE

Inspire-se

Criança Pequena em Foco

Levar a participação infantil para o centro da política de mobilidade de uma das áreas mais pobres do Rio de Janeiro é o atual objetivo do projeto Criança Pequena em Foco, realizado pelo CECIP – Centro de Criação de Imagem Popular com apoio da Fundação Bernard van Leer, do Instituto C&A e da United Way. Desde 2014, a iniciativa desembarcou na favela de Manguinhos, região que concentra muitos relatos de acidentes de trânsito envolvendo crianças, e, desde então, sessões de escuta com os pequenos moradores viabilizaram um levantamento sobre suas maiores preocupações a respeito das ruas da comunidade e seu entorno. Adultos e adolescentes também foram ouvidos por pesquisadores contratados pelo projeto. Um balanço do que todos apontaram já foi apresentado aos habitantes e, agora, um plano de ação está sendo desenhado.

O plano terá duas finalidades: incidir sobre o poder público, apresentando as demandas levantadas e promover, junto aos moradores, as mudanças que estão a seu alcance, como, por exemplo, melhorar as condições de uma praça abandonada. Outro objetivo do projeto é a produção de uma publicação sobre circulação e mobilidade, destinada aos professores da rede municipal do Rio de Janeiro. O documento trata a educação no trânsito sob a perspectiva de mobilidade e direito à cidade.  A ideia é formar os educadores neste tema, e que o conteúdo seja usado nas salas de aula.

O lixo nas calçadas foi um dos problemas mais citados pelas crianças de Manguinhos durante as sessões de escuta. Numa delas, os participantes foram vendados e lhes foi pedido que relembrassem como era o caminho desde que saíam de casa até chagarem à escola: os pequenos se locomoviam pela sala mostrando o que encontravam pela rua e como se comportavam nela. Depois dessa experiência, num segundo momento, as crianças desenharam num papel o que viam no trajeto. Nas ruas internas, as poucas calçadas disponíveis aos pedestres sofrem com o acúmulo de lixo, carros estacionados e outros obstáculos que impedem a passagem.

Na comunidade também tem muitas motos circulando, inclusive transportando crianças de forma insegura, e duas vias de tráfego intenso e alta velocidade: uma delas acaba de ser construída como resultado do Programa de Aceleração do Crescimento e já está sendo usada por veículos e pedestres, sem ter sido devidamente preparada para o uso da população, com marcações e sinalizações.

Antes de chegar a Manguinhos, o Criança Pequena em Foco passou por Dona Marta, Chapéu Mangueira e Babilônia, outras três comunidades do Rio. A experiência foi lançada em 2011 e, nessas localidades, focou no desenvolvimento e promoção de metodologias de escuta infantil. Foram ouvidas mais de cem crianças sobre suas vivências nas favelas. Como um dos resultados desse primeiro esforço, um documento com o objetivo de promover essas metodologias foi publicado.

Mantendo seu compromisso com a promoção da participação infantil, o Criança Pequena em Foco tem divulgado o tema e procurado incidir sobre o poder público para incorporar essa participação efetiva. Já foram realizados dois seminários e, até 2017, acontecerá a segunda edição do Prêmio Nacional de Projetos de Participação Infantil. Em relação à articulação política, o CECIP, junto a outros parceiros, conseguiu que a escuta infantil fosse incorporada à elaboração do Plano Municipal da Primeira Infância do Rio de Janeiro e às conferências Nacional, Estaduais e Municipais de Direitos da Criança e do Adolescente. O objetivo agora é conseguir que as crianças passem a participar permanentemente dos Conselhos de Direitos.

 

inspireSe_CriancaPequenaEmFoco_01 inspireSe_CriancaPequenaEmFoco_02 inspireSe_CriancaPequenaEmFoco_03 inspireSe_CriancaPequenaEmFoco_05

2016 Secretaria Executiva da Rede Nacional Primeira Infância - Triênio 2015/2017: CECIP - Centro de Criação de Imagem Popular