Equipes municipais recebem quarta edição da Capacitação Inicial do PIM e Criança Feliz, no RS

28120947_62441_GD

Terminou nesta quinta-feira (29) a quarta edição de 2017 da Capacitação Inicial para representantes dos Grupos Técnicos Municipais (GTM) e dos Comitês Gestores, monitores e supervisores do PIM e do Programa Criança Feliz (PCF) do Governo Federal. A capacitação aconteceu no auditório do Centro Administrativo Fernando Ferrari (CAFF), em Porto Alegre.

A capacitação tem metodologia de atendimento em consonância com as diretrizes das políticas de atenção à Saúde, Educação e Desenvolvimento Social e integra suas ações às do programa federal Criança Feliz. Representa um espaço que favorece o fortalecimento dos conhecimentos e competências que serão requeridas na execução da política. Na ocasião, estiveram presentes 92 participantes de 53 municípios do estado.

A qualificação permanente das equipes que trabalham com estes programas é importante instrumento na busca de um melhor atendimento aos beneficiários. Segundo Verch, “receber novos municípios para implantação do PIM e Criança Feliz comprova nossa expansão e ratifica a importância dada pelo Estado e municípios na atenção aos primeiros anos de vida”.

4-capacitacao-pim-pcf

 Visitação domiciliar 

O Programa Criança Feliz terá como ponto principal a visitação domiciliar realizada por técnicos capacitados para orientar as famílias sobre estimulação ao desenvolvimento infantil. Serão acompanhadas pelo programa as crianças de até três anos beneficiárias do Bolsa Família e as de até seis  anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC). No Rio Grande do Sul, envolve profissionais da Secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos (SDSTJDH), Secretaria da Educação (SEDUC) e da Secretaria da Saúde (SES).

O PIM está colocado como executor metodológico do PCF no Estado e capacita, assessora, apoia na elaboração de materiais e na proposição de estratégias, sendo tomado como referencial pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) para aspectos importantes como a Estrutura e Metodologia da Visita Domiciliar, entre outros.

(Fonte: PIM – Primeira Infância Melhor)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *