Fórum Mineiro de Educação Infantil publica manifesto contra livros de exercícios e apostilas

Ilustração: Annelise Capossela

O Fórum Mineiro de Educação Infantil divulgou um manifesto sobre uso de material apostilado na Educação Infantil. O documento é dirigido às professoras e professores do segmento, e reforça a concepção de que a educação infantil deva valorizar as brincadeiras e interações entre as crianças, e oferecer recursos que fortaleçam as crianças como produtoras de cultura, em respeito à sua condição de sujeitos. O documento também analisa o uso dos cadernos de atividades, apostilas e livros didáticos  como recursos pedagógicos. “Constatamos pela análise das imagens e questões apresentadas uma desconsideração do direito à educação infantil socialmente referenciado e das orientações expressas pelas Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-brasileira e Africana (Brasil, 2004) e pelas Diretrizes Curriculares Nacionais da Educação Infantil (Brasil, 2009). Esta desconsideração não permite o exercício da cidadania na escola, isto é a participação social e política das crianças neste contexto”, afirma trecho do documento.

Para ler a íntegra do manifesto, clique aqui. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *