Maceió – I Simpósio Internacional de Intervenção Precoce

Com o objetivo de debater sobre a importância de intervir precocemente e identificar sinais de risco para atrasos no desenvolvimento integral da criança, a Associação dos Amigos e Pais de Pessoas Especiais (AAPPE) realizará, no dia 07 de Julho, das 8h às 18h, o “I Simpósio Internacional da Primeira Infância sobre intervenção precoce, novas perspectivas e novos rumos”.

Segundo a diretora executiva da entidade, Janah Cardoso, a construção de uma sociedade produtiva e próspera está diretamente relacionada ao investimento realizado nos primeiros anos de vida das crianças, especialmente nos seis anos iniciais, incluindo também a gestação precoce e de risco.

“Ao perceber os crescentes casos de microcefalia e a grande demanda de crianças de 0 a 6 anos que precisam ser diagnosticadas e atendidas por nossos serviços, a diretoria da AAPPE entendeu ser importante levantar essa bandeira de luta, em prol de mobilizar e conscientizar a sociedade de que é  preciso cuidar das crianças. Afinal, são elas o futuro do nosso país, principalmente, por  integrarmos uma entidade que é referência em Alagoas no atendimento de estimulação e reabilitação da pessoa com deficiência”, destacou a diretora.

A inscrição pode ser realizada por meio do endereço eletrônico (www.aappe.org.br). Outras informações podem ser obtidas por meio dos telefones 3377-1520/3022-9680, e pela página do facebook.com/aappeonline ou pelo instagram @aappeoficial.

A AAPPE
A Associação dos Amigos e Pais de Pessoas Especiais (AAPPE) é uma organização sem fins lucrativos, que foi fundada em 1987, com o objetivo de reabilitar e qualificar pessoas com deficiência e inseri-las no mercado de trabalho.

“O propósito da associação é contribuir para o desenvolvimento da pessoa com deficiência, através do diagnóstico e da estimulação sensorial, proporcionando-lhes qualidade de vida, prestando serviços de educação e cidadania, além de não medir esforços na defesa intransigente dos seus direitos. Hoje mais de 2 mil pessoas são atendidas por mês pela instituição, e mais de 4 mil pessoas com deficiência auditiva já foram encaminhadas para o mercado de trabalho”, expôs Janah Cardoso.

Programação
A AAPPE buscando novos olhares para potencialização e desenvolvimento integral da criança convidou profissionais renomados internacionalmente para tratar dos assuntos pertinentes ao tema central do simpósio, como: “A privação da língua e os impactos no desenvolvimento infantil”; “Desenvolvimento neurológico e a importância de intervir precocemente”; “Experiência transdisciplinar no projeto de intervenção unificada na Primeira Infância – IUPI”; “Diagnóstico precoce”; “Intervenção precoce centrada na família”; “O espaço de aprendizagem na Primeira Infância”.

Fonte: AAPPE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *