Petrobras lança iniciativa voltada para a Primeira Infância

A Petrobras lançou hoje (21/8) a Iniciativa Petrobras para a Primeira Infância, com o objetivo de promover o desenvolvimento de crianças de 0 a 6 anos. Em evento realizado em sua sede no Rio de Janeiro, a companhia assinou carta de intenções com UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura), PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento) e FGV/CEIPE (Fundação Getúlio Vargas/Centro de Excelência e Inovação em Políticas Educacionais). Além disso, formalizou sua adesão à Rede Nacional Primeira Infância, que congrega organizações que atuam na promoção e garantia dos direitos da Primeira Infância.

“O estímulo na primeira infância é extremamente importante para melhorar de forma significativa as oportunidades das crianças na vida adulta. Evidências mostram claramente que crianças que receberam cuidados na primeira infância tiveram melhores oportunidades de vencerem na vida, de serem bons cidadãos e de terem renda mais elevada”, destacou o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, que participou da cerimônia que contou também com a presença do ministro da Cidadania, Osmar Terra.

Segundo Osmar Terra, “a política para a primeira infância é a mais importante para trabalhar, porque ela é transformadora”. O ministro também destacou que o trabalho integrado nesta área pode render lições para o resto do Brasil.

Sobre a Iniciativa

A Iniciativa da Petrobras envolve instituições públicas e privadas que já estão presentes na Primeira Infância. Ao invés de criar um novo programa, a companhia vai investir na melhoria da qualidade do ensino na pré-escola, no CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) e nas OSCs (Organizações da Sociedade Civil).

Serão investidos cerca de R$ 20 milhões nos próximos três anos em ações de capacitação para profissionais da rede pública de assistência social e ensino; formação para organizações da sociedade civil que atuam na proteção de crianças; palestras para gestantes, pais, responsáveis e tutores; grupos de cuidados sobre a prevenção da violência familiar; disseminação de informações sobre o tema para jornalistas e estudantes de comunicação; além de acompanhamento da implementação do Marco Legal da Primeira Infância.

Os projetos serão realizados por meio de parcerias da área de Responsabilidade Social da Petrobras com instituições de referência: UNESCO, PNUD, FGV/CEIPE e ANDI (Agência de Notícias dos Direitos da Infância). A companhia também irá formalizar um Termo de Cooperação com a Rice University (Houston, Texas – USA), com a participação do pesquisador Flávio Cunha, para apoio na avaliação de impacto das iniciativas.

A partir da integração destas ações, será possível potencializar os resultados dos projetos no longo prazo, os quais serão documentados por meio do monitoramento de indicadores e ferramentas de avaliação de impacto.

Nesta fase piloto, serão implantadas ações em quatro cidades e, nos próximos três anos, a Iniciativa será estendida a mais onze municípios. O objetivo é que esse modelo possa ser replicado em outras localidades a partir dos aprendizados verificados nessa implementação.

A estratégia de seleção dos municípios participantes da Iniciativa considera as seguintes características e requisitos: ser município da área de influência das operações da Petrobras, ter Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (PAIF), ter aderido ao Programa Criança Feliz, ter o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) e ter OSCs com atuação regional em assistência social direcionada à Primeira Infância.

A importância da Primeira Infância 

A Iniciativa Petrobras para a Primeira Infância tem como inspiração o trabalho do economista e Prêmio Nobel James Heckman. Resultados de pesquisas coordenadas por Heckman comprovam que a melhora da qualidade do desenvolvimento na primeira infância é capaz de gerar resultados econômicos e sociais que se sustentam ao longo do tempo. Os estudos também apontam que a taxa de retorno dos investimentos nessa etapa da vida é alta e se reverte na redução da desigualdade social e na possibilidade de uma sociedade mais igualitária.

O presidente Roberto Castello Branco destacou que “a Iniciativa Petrobras para a Primeira Infância é consistente com o objetivo da Petrobras de contribuir de forma positiva para a nossa sociedade e, ao mesmo tempo, com a nossa estratégia de maximizar o retorno sobre os nossos investimentos. É uma forma de gerar valor para nossa companhia e para a sociedade brasileira”.

 

2 comentários para “Petrobras lança iniciativa voltada para a Primeira Infância

  1. Maravilhosa iniciativa, parabéns Petrobras, esse é o Brasil que eu espero, mais políticas públicas e privadas voltadas para a primeira infancia!

  2. Que iniciativa maravilhosa. A Petrobrás está de parabéns. Eu, assim como milhões e milhões de pessoas, acreditam que investir na primeira infância é agir com proatividade na prevenção de diversos tipos de vulnerabilidades. Irei assumir uma OSc na Cidade de Fortaleza, que tem como objetivo atender crianças do sexo feminino, desde a primeira infância.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.