Seminário realizado por grupo de trabalho da RNPI debate o Brincar na Saúde

IMG-20150813-WA0005
Foto: GT Brincar

O Grupo de Trabalho do Brincar, da Rede Nacional Primeira Infância, realizou o seminário “Brincar na Saúde” em Curitiba, no início do mês, durante o IV Congresso de Humanização da Saúde, que aconteceu na PUC do Paraná. A mesa de abertura contou com a presença da Marina Castro, do Centro de Criação Popular (CECIP) e Secretaria Executiva da RNPI, Marilena Flores, da IPA Brasil e Vanderlúcia da Silva – Rede Marista de Solidariedade, coordenadora do GT do Brincar.

O tema central foi “O Direito de Brincar para Saúde e Bem estar da Criança”, e contou com a presença de Lino Macedo, do Instituto Pensi, que falou do “Brincar para Saúde Física e Mental da Criança”. Em seguida, aconteceu a mesa sobre “O Direito ao Brincar e o Brincar Inclusivo”, com a presença da Marilena Flores e Mari Sella, da Amcip.

No segundo dia o tema central foi “Brinquedoteca Hospitalar e o Brincar nos equipamentos de saúde infantil”, onde foi apresentada a experiência de brinquedoteca do Hospital Pequeno Príncipe, com Patricia Bertolini, e a experiência dos Contadores de História da Associação Viva e  Deixe Viver, com Valdir Cimino. A mesa para falar da Brinquedoteca Hospitalar como estratégia de Humanização em ambientes de Saúde encerrou o seminário, com a participação de Ingrid Cadore, da ABBri , Eliana Tarza, da Ipa Brasil e Maria Celia, da ABBri.

Foto: GT Brincar
Foto: GT Brincar

“Agradecemos e parabenizamos a comissão organizadora da proposta do seminário: Marta Moreira – RMS, Eliane e Marilena – IPA Brasil e Roseli – Instituto Brasil Leitor, foi um lindo trabalho! Muito obrigada aos participantes do GT que puderam estar conosco nesses dois dias, bem como aos que mesmo distante acompanharam e contribuíram com o sucesso do evento. Estamos radiantes e felizes com o resultado”, afirmou Vanderlúcia da Silva.

(Informações: GT do Brincar)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.