UNICEF, SBP, SBIm lançam campanha de vacinação com Maurício de Souza e Facebook

As vacinas salvam vidas. Elas protegem meninas e meninos de todas as idades e em todos os lugares e são um direito de cada criança. Ainda assim, existem muitas dúvidas sobre o assunto. Por isso, a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), o UNICEF e a Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), em parceria com a Mauricio de Sousa Produções, prepararam nove cartões com fatos e ilustrações para mostrar que as vacinas são comprovadamente seguras e eficazes na proteção da saúde.

Para elaborar a campanha, o UNICEF usou como base um vasto material produzido pela SBIm e o amplo conhecimento da SBP. Um guia sobre Campanhas de Vacinação, encomendado pelo UNICEF à Universidade de Yale, também foi usado na elaboração de todos os textos da campanha.

ACESSE AQUI OS CARTÕES. 

Os cartões serão divulgados nas redes sociais das instituições parceiras e visam conscientizar mães, pais e demais responsáveis sobre a eficácia e a segurança das vacinas de rotina, como as contra sarampo e pólio, para crianças menores de cinco anos. Os materiais contam com personagens da Turma da Mônica, juntamente com seus pais e mães, que passam várias mensagens sobre essas vacinas, como elas agem e por que são importantes para a saúde das crianças.

“Para nós da SBP, essa é mais uma importante parceria entre as instituições que têm como foco a saúde das crianças e dos adolescentes. Nosso objetivo é mostrar o quão importante é a vacinação de crianças, jovens e adultos a fim de evitar a proliferação de doenças contagiosas e o pediatra tem papel fundamental não só em tratar doenças, mas também em orientar os hábitos saudáveis para as famílias”, destaca a presidente da SBP, dra. Luciana Rodrigues Silva.

De acordo com o presidente do Departamento Científico de Imunizações da SBP, dr. Renato Kfouri, as imunizações devem ser entendidas como um tema fundamental por todos os segmentos da sociedade, principalmente porque, ao longo dos anos, a implementação gratuita e massiva das vacinas foi a principal responsável pelo controle das epidemias e pela redução dos índices de morbidades e mortalidade infantil no País.

“O Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde foi responsável pela erradicação de diferentes doenças graves. Não é razoável admitir que a população volte a sofrer com os agravos de patologias que podem ser facilmente evitadas. É preciso alertar a população, para que os índices voltem a subir”, alerta.

Para o especialista, a elevação dos índices de cobertura vacinal depende do engajamento e trabalho conjunto de todos e, nesse contexto, os pediatras têm importância fundamental. Além de prescrever as vacinas aos pacientes e familiares, os especialistas devem ser enfáticos em sua recomendação, uma vez que a orientação do profissional constitui um dos fatores mais importantes para a adesão da população.

ESTRATÉGIA GLOBAL – Essa campanha faz parte de uma parceria global do Facebook e do UNICEF, chamada Insights for Impact, que usa dados agregados e anonimizados de conteúdos no Facebook, para gerar análises de tendências e que são usadas para subsidiar tanto a parte criativa da campanha, como a parte estratégica, indicando potenciais públicos-alvo, temas, linguagem, entre outros.

Isso permite a elaboração de uma campanha mais assertiva, focada em gerar mudanças de percepção e de comportamento. Além da análise prévia de dados, será feita uma pesquisa posterior de brand lift, que medirá a lembrança dos usuários e também a sua percepção quanto à eficácia e à segurança das vacinas.

“A vacinação de rotina para crianças menores de cinco anos vem sofrendo constantes quedas desde 2015. Mesmo sem os dados consolidados das coberturas vacinais em 2020, a pandemia certamente contribuiu ainda mais para o agravamento desse cenário. Poder contar com a credibilidade e a expertise da SBIm, da SBP, com os dados agregados do Facebook e a simpatia dos personagens da Turma da Mônica é extremamente importante para o trabalho de conscientização da importância da vacinação de rotina”, afirma Cristina Albuquerque, chefe da área de Saúde e HIV do UNICEF no Brasil.

Para o desenhista Maurício de Souza, criador da Turma da Mônica, a campanha faz parte do compromisso da empresa com os direitos das crianças dentro da parceria com o UNICEF. “Já estivemos juntos em outras ocasiões levando informações sobre a importância de vacinar nossas crianças e entendemos que, neste momento, era preciso voltar a alertar os pais e responsáveis sobre esse cuidado. Nada melhor que o carisma dos personagens para chamar a atenção para informações trazidas por instituições com toda a credibilidade”, afirma.

A personagem Mônica é embaixadora do UNICEF desde 2007. Em 2018, Mônica emprestou sua força para alertar pais, mães e responsáveis de que a vacinação é um direito da criança e um dever da família, da sociedade e do Estado, participando da Campanha Nacional de Vacinação contra sarampo e pólio.

O UNICEF E AS VACINAS – O UNICEF é o maior comprador individual de vacinas do mundo, adquirindo mais de 2 bilhões de doses de vacinas anualmente para imunização de rotina e resposta a surtos em nome de quase 100 países. Em 2019, o UNICEF alcançou quase metade das crianças do mundo com vacinas que salvam vidas.

*Com informações da assessoria de comunicação do Unicef e da Maurício de Souza Produções. 

Fonte: SBP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.