XI Semana de Valorização da Primeira Infância e Cultura da Paz

A Semana de Valorização da Primeira Infância e Cultura da Paz chega à décima primeira edição abordando o tema que provocou sua própria criação, em 2008, colocar em debate caminhos para quebrar a cadeia da violência, para prevenir o desenvolvimento de pessoas hostis, para estimular o desenvolvimento de seres aptos para o convívio social, no âmbito da Cultura da Paz. Esses caminhos convergiam sempre para a criança, nos seus primeiros anos de vida.

Nesta XI Semana de Valorização da Primeira Infância e Cultura da Paz, que acontece de 20 a 22 de novembro de 2018, no Senado Federal, em Brasília, o Comité Científico que assessora voluntariamente a Comissão de Valorização da Primeira Infância, organizadora do evento, sugere três alicerces para a Construção da Paz pela Primeira Infância: Parentalidade, Proteção e Promoção da Criança.

Assim, esses três universos, que se interseccionam, e parecem ser a base para desenvolvimento integral da criança com segurança, estarão contemplados no evento deste ano em conferências, painéis, workshops e uma Audiência Pública Conjunta das Comissões de Educação, Cultura e Esporte; de Assuntos Sociais e de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado Federal: Parentalidade (família, gestação segura, vínculo, paternidade responsável); Proteção (Justiça, políticas públicas); Promoção (instituições de atendimento – creches e escolas, centros de assistência, da saúde – profissionais do cuidado com a infância), além de projetos e programas de sucesso nessas áreas.

O propósito desse colóquio, desde sua primeira edição, tem sido o despertar em gestores públicos e privados, profissionais das áreas da Saúde e da Educação, nas esferas da Justiça, em Legisladores, em agentes do cuidar, em estudantes, nas famílias, em organizações da sociedade civil e no público em geral o nível de consciência e a importância da etapa mais sensível da vida humana: a primeira infância, os seis primeiros anos.

Mobilizando estruturas oficiais do Poder Legislativo – Câmara dos Deputados e Senado Federal – e reunindo representes do Executivo e do Judiciário o evento tem como objetivo sensibilizar os legisladores a criarem e aprovarem projetos de lei que venham a tornar-se políticas públicas que estimulem e amparem o exercício da parentalidade; que exerçam efetivamente a proteção da criança e da gestante;  promovam a saúde física e mental da gestante e o desenvolvimento integral da criança.

O desenvolvimento integral da criança, livre de ser vítima ou agente da violência  no futuro, os especialistas brasileiros e internacionais que durante esses anos de evento tem defendido, passa por ações que favoreçam a atenção e os cuidados ao bom desenvolvimento cognitivo, motor, emocional, afetivo e social dessas crianças, oferecendo-lhes cuidados potentes na puericultura, incluindo orientações à maternagem; assistência de qualidade emocional pelos cuidadores, riqueza nutricional, estimulação ao brincar, às trocas e à comunicação em um ambiente afável e prazeroso. E antes ainda dessa fase, investir no acompanhamento físico e emocional da gestante, oferecendo importantes cuidados peri e pós-natais.

As inscrições para a XI Semana de Valorização da Primeira Infância e Cultura da Paz são gratuitas e estão abertas à comunidade em geral, especialmente Legisladores; integrantes dos Poderes Executivo e Judiciário; gestores públicos e privados; profissionais das áreas de Educação, Saúde, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos; professores e estudantes universitários das áreas afins; profissionais de imprensa; membros de organizações não governamentais e instituições da sociedade civil.

A organização deste evento é da Comissão de Valorização da Primeira Infância e Cultura da Paz, do Senado Federal, que conta com a parceria da Universidade Paris Descartes, Sorbonne Paris Cité, e o Laboratório de Psicopatologia e Processos de Saúde, da França; Fundação Maria Cecília Souto Vidigal; ANDI e Banco Mundial. E apoio da Unicef.

A programação reúne especialistas de expressão internacional que atuam na realidade brasileira e convidados que desenvolvem trabalhos na França e nos Estados Unidos:

BORIS CYRULNIK (FR)

Neurologista; Psiquiatra pela Faculdade de Medicina de Paris; Coordenador de Pesquisas em Psiquiatria no Hospital Santa Margarida, Marselha (1975-1985) e Diretor de Ensino da Universidade de Toulon (Apego e Sistemas Familiares – 1994-2013), França. Doutor Honoris Causa pela Universidade Mons-Hainaut e Universidade de Louvain, Bélgica; pela Universidade de Laval, Montreal, Canadá; pela Universidade de Lima, Peru. Prêmio Jean Bernard – Academia de Medicina (2003); Prêmio Renaudot Ensaio (2011); Professor Extraordinário na Universidade Fernando Pessoa, Porto, Portugal.

JAQUELINE WENDLAND (FR)

Psicóloga com Mestrado em Psicologia do Desenvolvimento pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRS); Especialista e Doutora em Psicopatologia do Bebê pela Universidade Paris XIII e Livre Docente pela Universidade Paris Descartes (Paris V). Professora titular de Psicopatologia da Perinatalidade, da Parentalidade e da Primeira Infância na Universidade Paris Descartes; Diretora do Mestrado em Psicologia Clínica e Psicopatologia e Psicóloga Clínica na Unité Petite Enfance et Parentalité Vivaldi, Serviço de Psiquiatria da Criança e do Adolescente, Hospital Pitié-Salpêtrière, em Paris, França. Dirige a equipe de pesquisa “Perinatalidade, Primeira Infância e Parentalidade: aspectos sociocognitivos e emocionais” no Laboratoire de Psychopathologie et Processus de Santé – LPPS e é membro do grupo internacional de experts em Saúde e Desenvolvimento da Mãe, em Paris.

JOSHUA SPARROW (EUA)

Psiquiatra, formado pela Yale University especializado em criança e adolescente, Connecticut, EUA; professor associado de Psiquiatria na Harvard Medical School; diretor do Brazelton Touchpoints Center na Divisão de Medicina do Desenvolvimento do Boston Children’s Hospital e supervisor de serviços de psiquiatria ambulatorial no Hospital Infantil de Boston; co-investigador principal do Centro Nacional de Pais, Família e Comunidade de Engajamento (National Center on Parent, Family, and Community Engagement / Office of Head Start / Office of Child Care, ACF, HHS); integra desde 2010 o Comitê de Pesquisa e Avaliação Head Start da Secretaria de Saúde e Serviços Humanos; atua na Força-tarefa contra a Pobreza Infantil da Associação Americana de Pediatria e American Indian/Alaskan Native (AI/AN) Head Start Collaborative Advisory Council. Antes da formação médica, foi por vários anos professor de pré-escola e jornalista em Nova York.

Serviço:

XI Semana de Valorização da Primeira Infância e Cultura da Paz

Tema: A construção da Paz pela Primeira Infância: Parentalidade, Proteção e Promoção da Criança

Data: 20 a 22 de novembro de 2018

Horário de entrada: 09hrs (Auditório

Local: Auditório Petrônio Portela e Centro de Formação, Treinamento e Aperfeiçoamento da Câmara dos Deputados – Cefor, Senado Federal – Brasília-DF

Organização: Comissão de Valorização da Primeira Infância e Cultura da Paz – SF

Parceria: Universidade Paris Descartes, Fundação Maria Cecília Souto Vidigal; ANDI e Banco Mundial

Apoio institucional: Unicef

Realização: Senado Federal

Informações: +55 61 3303-3423

Inscrições gratuitas: http://www.senado.gov.br/senado/Programas/InfanciaePaz/

Facebook: https://www.facebook.com/InfanciaEPaz/

Twitter: @infancia_paz

Instagram: @primeira_infancia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *