Brincadiquê? Pelo Direito ao Brincar na escola finaliza atividades em Paranaguá

Na sexta-feira, 10 de abril, foi realizado o encerramento das atividades do projeto Brincadiquê? Pelo Direito ao Brincar na escola, no município de Paranaguá, com o Seminário Aberto “Brincadeiras e Culturas Infantis”. Esse foi o primeiro município, dos 13 participantes, a receber o projeto.

O projeto, que é desenvolvido pela Rede Marista de Solidariedade, por meio do Centro Marista de Defesa da Infância, com o apoio do Instituto HSBC Solidariedade, realizou atividades em Paranaguá desde agosto de 2014, contabilizando 136h de formação aos 38 gestores e educadores da educação infantil e do primeiro ano do Ensino Fundamental, tendo a Secretaria Municipal de Educação como parceira.

Ao longo do projeto, foram confeccionados cerca de 1.000 materiais lúdicos durante as formações, o que beneficiou indiretamente aproximadamente 5.000 crianças em 32 escolas. No encerramento das atividades, será realizado um Seminário Aberto, onde são esperadas cerca de 100  educadores que atuam na Primeira Infância e gestores. O palestrante, educador, músico e pesquisador Nélio Spréa conduzirá a formação com o tema “Brincadeiras e culturas infantis”.

Para a coordenadora do projeto, Sheila Pomilho, as ações tiveram grande relevância. “O município de Paranaguá foi o primeiro a implantar o projeto Brincadiquê? Pelo Direito ao Brincar na escola, e percebemos o quanto foram inovadoras as ações do projeto para a proposta curricular do município, que desenvolvia práticas na área da educação para a promoção do direito ao brincar, porém, os resultados alcançados demonstram que os temas abordados nos seminários e durante as oficinas ampliaram as propostas pedagógicas desenvolvidas em cada uma das unidades participantes”, diz.

De acordo com Ana Carolina Rodrigues da Luz, chefe do Departamento de Educação Infantil – SEMEDI – Paranaguá, apesar das atividades finalizarem com este seminário aberto, o grupo que participou das formações continuará o ciclo de formações para outros educadores de Paranaguá. “Nestes oito meses de desenvolvimento do Projeto Brincadiquê? Pelo direito ao brincar na escola, a importância desse direito foi ressaltado às educadoras participantes, o Centro Marista de Defesa, por meio das capacitações desenvolveu atividades que resgataram brincadeiras e inseriram outras novas no cotidiano das participantes. No município fica plantada a semente do brincar na infância que resultará numa árvore cujos frutos serão aproveitados pela comunidade envolvida”, declara Ana Carolina.

“Saímos com a certeza de que a promoção do direito ao brincar estará atrelada às ações da área da educação e aos diferentes setores que comungam da defesa do direito de todas as crianças” comemora a coordenadora. O seminário acontecerá na Igreja dos Mormons, na Avenida Gabriel De Lara, 1459, Dom Pedro II, em Paranaguá, das 8h às 17h no Paraná.

Para o segundo semestre deste ano, foram planejadas formações sobre o Direito ao Brincar nas Unidades Educativas, essas, serão realizadas pelos multiplicadores do projeto que ser encarregarão da mobilização de outros agentes do Sistema de Garantia de Direitos, promovendo atividades do brincar.

Sobre a Rede Marista de Solidariedade

A Rede Marista de Solidariedade abrange programas, projetos e ações de promoção e defesa dos direitos das crianças e dos jovens desenvolvidos em todas as áreas de atuação do Grupo Marista. A Instituição Marista tem status consultivo na Comissão de Direitos Humanos da ONU, por meio da Fundação Marista de Solidariedade Internacional. A rede desenvolve iniciativas para a efetivação dos direitos da criança, como o Centro Marista de Defesa da Infância. Representantes da Rede Marista de Solidariedade participam de conselhos, fóruns e redes nas áreas de educação, direitos da criança e do jovem, assistência social e saúde nos níveis municipais, estaduais e nacional. A rede também atende diretamente cerca de 16 mil crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social, de maneira contínua, em 25 unidades sociais e nos programas de bolsas de estudo para a Educação Básica, Profissional e Ensino Superior. Outras informações, acesse: www.solmarista.org.br

Sobre o Grupo Marista

No Brasil desde 1897, o Instituto Marista divide-se em unidades administrativas no País. Uma delas é o Grupo Marista – presente no Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Mato Grosso do Sul, na cidade de Goiânia e no Distrito Federal, além de filiais da FTD em nove estados – com atuação nas áreas de Educação, Solidariedade, Saúde e Comunicação, por meio de uma agremiação de organizações sem fins econômicos. Na Educação, seus colégios, centros técnicos e universidades formam mais de 60 mil pessoas anualmente e ampliam o conhecimento com a publicação de 34 milhões de livros em editoras próprias. A Rede Marista de Solidariedade atende diretamente 16 mil crianças e jovens de maneira contínua, além de atuar em todas as frentes do Grupo Marista a partir de programas com base na promoção e defesa dos direitos das infâncias e juventudes, bem como estratégias de incidência política e fomento à educação para a solidariedade. Na Saúde, seus hospitais realizam 443 mil atendimentos ao ano e proporcionam ações de humanização, conscientização e prevenção. Na Comunicação, suas rádios prezam pela difusão de conhecimento, cultura e cidadania. E, diariamente, seus cerca de 14 mil colaboradores vivenciam e disseminam valores humanos, cristãos e Maristas para formar cidadãos éticos, justos e solidários. Outras informações, acesse: www.grupomarista.org.br

 

Informações para a imprensa:

Lead Comunicação

((11) 3168-1412
Cíntia Gomes – Ramal 12*cintia@lead.com.br

Marcela Ayabe – Ramal13* marcela@lead.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.