Lançado o Relatório de Monitoramento e Acompanhamento do Plano Decenal para a Primeira Infância do Recife

Recife abriu a semana com uma atividade inspiradora e desafiadora, trata-se do lançamento do Relatório de Monitoramento e Acompanhamento do Plano Decenal para a Primeira Infância da cidade.

Inspiradora porque a Sustentabilidade de um Plano dependerá da capacidade de monitoramento e acompanhamento das metas projetadas e Recife está realizando isso. Desafiadora por pautar a intersetorialidade, um conceito novo e complexo na materialização de uma política pública.

O evento, que contou com a presença do prefeito João Campos e da vice-prefeita, Isabella de Roldão; do secretário Fred Amancio, do Coordenador e chefe do Unicef Nordeste, Dennis Larsen, e do Presidente do Comdica (Conselho Municipal de Defesa e Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente do Recife), Romero José; da Coordenadora da Secretaria Executiva da RNPI, Cida Freire, e da Coordenadora Adjunta da Secretaria Executiva e Coordenadora da REPI/PE, Solidade Menezes, foi realizado na Escola de Formação de Educadores Professor Paulo Freire (EFER) e todos os participantes receberam uma ecobag com o documento físico. As representantes da RNPI destacam como ponto positivo a presença do prefeito João Campos e da vice-prefeita, Isabella de Roldão, indicando a prioridade de agenda para a primeira infância.

O documento, elaborado pela Secretaria Executiva da Primeira Infância ao lado dos Comitês Intersetoriais Gestor e Executivo, tem como principal foco a apresentação da implementação das estratégias previstas no Plano Municipal de Primeira Infância, evidenciando as ações realizadas pelas diferentes áreas da Prefeitura do Recife entre os meses de janeiro e dezembro de 2021, ressaltando que muitas dessas ações seguem sendo executadas ao longo de 2022.

O relatório destaca algumas das mais importantes entregas e realizações de Primeira Infância no ano passado, como o lançamento do Programa Infância na Creche; ampliação do Programa Mãe Coruja Recife; criação do laboratório de formação da Primeira Infância e ordem de serviço do Centro de Referência da Primeira Infância. “A gente fica muito feliz em ver que ao longo desse que foi o primeiro ano após o lançamento do Plano Decenal o quanto conseguimos desenvolver ações em várias áreas. Lembrando que foi um período ainda difícil por conta do contexto de pandemia, mas onde muitos abraçaram as causas da Primeira Infância”, destacou Fred Amancio. “Este é um trabalho feito à muitas mãos, envolvendo diversas pessoas da sociedade civil e várias áreas da Prefeitura. Só assim foi possível chegar aqui hoje”, emendou.

Além disso, a Prefeitura do Recife tem o objetivo de entregar para a cidade ainda este ano alguns projetos voltados para crianças de 0 a 6 anos. Entre eles está o Centro de Referência para a Primeira Infância (CRIAR), que irá fomentar o brincar, a iniciação à leitura e ampliar a escrita para a compreensão da parceria intersetorial e o desenvolvimento psicomotor dessas crianças; e o Laboratório de Formação para a Primeira Infância itinerante, com a proposta de ser um espaço destinado à formação desses estudantes, salientando que as experiências vividas pelas crianças durante a primeira infância têm impacto significativo na formação do adulto que ela será no futuro.

“A Primeira Infância é uma prioridade. Que a gente tenha força para colocar todos esses planos em prática, porque isso é o mais importante. Quando a gente vê o Recife fazer um Plano Decenal é como o desenho de uma trilha, sabendo onde e como você quer chegar. Isso traz um compromisso e uma responsabilidade muito grande para a cidade. Não é só ter um plano, mas é fazer aquele plano ser cumprido”, complementou João Campos.

 

Fonte: UNCME/RNPI NUJOR e Portal da Educação de Recife

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.