Lançamento do guia “Três Vivas para a Adoção”

“Se elas não nasceram de nós, certamente nasceram para nós”.  Andréa e Luciene

O Cadastro Nacional de Adoção mostra uma realidade que precisa ser mudada. De um lado, mais de 40 mil pais pretendentes a adotar. Do outro, menos de 9 mil filhos possíveis em busca de uma família.

Isso se dá porque a maioria das pessoas indica um perfil muito restrito, deixando de fora as crianças reais que estão cadastradas para adoção – maiores de 5 anos, pardas ou negras, com deficiência, doença crônica ou grupos de irmãos.

Só que estas, na verdade, são as crianças que mais precisam de uma família carinhosa e cuidadosa.

Várias varas da infância e da juventude têm tomado medidas para motivar a adoção de crianças fora do perfil, as chamadas adoções necessárias. Os trâmites são mais rápidos, voluntários e ONGs são convocados a auxiliar na Busca Ativa de famílias para estas crianças e adolescentes.

Nosso objetivo com a publicação “Três Vivas para a Adoção” é propor uma reflexão àqueles que têm o desejo de adotar, para promover cada vez mais encontros entre pais e filhos, entre pretendentes a pai e/ou mãe que têm um lar e futuros filhos e filhas à espera de uma família.

Além do passo a passo para a adoção, explicações sobre a Busca Ativa e informações sobre os diversos tipos de adoção, também há depoimentos de famílias que se formaram fora do perfil majoritário, de uma coordenadora de instituição de acolhimento, de um juiz e de uma pessoa que foi adotada.

O E-book do “Três Vivas para a Adoção” é gratuito e será lançado virtualmente no Dia Nacional da Adoção, 25/5, 14h, na Vara da Infância e da Juventude do DF, no Tribunal de Justiça do Distrito Federal. Também será apresentado no XXIII Encontro Nacional de Grupos de Apoio à  Adoção (ENAPA) e no V Fórum Nacional de Justiça Protetiva (Fonajup), ambos em Bonito/MS, entre 30/5 e 2/6.

“Três Vivas para a Adoção” é uma realização do MAIS – Movimento de Ação e Inovação Social (Movimento Down e Movimento Zika), com apoio da Angaad – Associação Nacional de de Grupos de Apoio à Adoção, Aconhego – Grupo de Apoio à Convivência Familiar e Comunitária e da Fundação Ford.

Contato das autoras:

Patricia Almeida – Movimento Down/Movimento Zika
patricia.smalmeida@gmail.com
+41-78-923-2141 (zap)
Rio de Janeiro/RJ e Genebra

Fabiana Gadelha – Aconchego
fabiana.gadelha@icloud.com
61-99604-4184
Brasília/DF

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *