Prêmio do Instituto Alana celebra as melhores cidades para as crianças

Na cidade em que você mora a prefeitura garante às crianças uma vida saudável e com acesso a todos os seus direitos, como escola, saúde, moradia? Os parques públicos estão em excelentes condições? O município é seguro para as crianças?

O prêmio Cidade da Criança vai avaliar a atuação das gestões dos municípios signatários do Programa Cidades Sustentáveis e é aberto também para todas as cidades que ainda não fazem parte, mas que queiram participar. Serão aproximadamente 60 indicadores básicos e 25 relativos aos direitos fundamentais da criança, em especial à cidade, cultura, educação, saúde e proteção integral.

“O Prêmio visa sensibilizar e estimular que os gestores municipais adotem boas práticas e iniciativas específicas e concretas para a efetivação dos direitos da criança com prioridade absoluta no Município, conforme obrigação prevista no artigo 227 da Constituição Federal”, diz Pedro Hartung, advogado do Instituto Alana.

Prêmio é apresentado para prefeitos e gestores públicos

O anúncio do lançamento foi feito em Brasília; o prêmio será entregue em agosto 2016.

O Prêmio Cidade da Criança foi lançado na quinta-feira (9), durante o III Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável, em Brasília. Parceria entre o Projeto Prioridade Absoluta, do Instituto Alana, e o Programa Cidades Sustentáveis, o prêmio visa reconhecer políticas públicas bem sucedidas que garantam os direitos fundamentais da criança, em especial à cidade, cultura, educação, saúde e proteção integral.

“O Prêmio quer sensibilizar e estimular gestores municipais a adotarem boas práticas e iniciativas específicas e concretas para a efetivação dos direitos da criança com prioridade absoluta no município, conforme obrigação prevista no artigo 227 da Constituição Federal”, disse Pedro Hartung, advogado do Instituto Alana. “Esperamos que todos compreendam o real valor da infância e o poder de transformação da cidade quando colocamos os interesses da criança em primeiro lugar”, finalizou Hartung.

Oded Grajew, coordenador da Rede Nossa São Paulo, abriu o lançamento e destacou a relevância de iniciativas que promovem a melhoria da qualidade de vida da população. “É preciso reconhecer as boas práticas que podem ser adotadas pelos municípios, para mudar a realidade da insustentabilidade e afetar positivamente a nós, os nossos filhos e netos”, falou Oded.

O Programa Cidades Sustentáveis também vai premiar municípios com boas práticas na área do esporte, em parceria com a ONG Atletas pelo Brasil. O diretor da ONG, o ex-jogador Raí Oliveira,

também participou do evento e incentivou a adesão dos prefeitos, “a ideia é reconhecer programas locais fazendo com que se tornem referência para serem multiplicadas em outras cidades”, explicou.

Todas as prefeituras do Brasil podem se inscrever no Prêmio Cidade da Criança. Tanto aquelas que já tenham assinado a Carta-Compromisso e aderido formalmente ao Programa Cidades Sustentáveis, como as que ainda não aderiram, mas desejam fazer parte. (clique aqui para saber mais).

Mais detalhes em http://www.cidadessustentaveis.org.br/conferencia2015 ou www.premiocidadedacrianca.org.br

Sobre o Instituto Alana

Instituto Alana é uma organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, que reúne projetos na busca pela garantia de condições para a vivência da plena infância. Criado em 2002, o Instituto é mantido pelos rendimentos de um fundo patrimonial desde 2013. Tem como missão “honrar a criança”.

Informações para a imprensa

2PRÓ Comunicação

alana@2pro.com.br

Myrian Vallone

Anne Dias

Mércia Araújo

Tels. (11) 3030.9461 / 9460 / 9464 / 9435

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *